História

Com o objetivo de levar a juventude universitária para conhecer a realidade multicultural e multirracial do Brasil e oferecer a oportunidade de contribuir para o desenvolvimento social e econômico das regiões mais carentes do país, nasce em 1967, o Projeto Rondon. Idealizada nos bancos escolares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, a ação surge como uma iniciativa precursora de grande importância para a nação. A operação piloto foi planejada pelo professor Celso Chiori, reitor da antiga Universidade do Estado da Guanabara, atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

O Projeto foi extinto em 1989, quando o Ministério do Interior, obedecendo a um decreto presidencial, deixa de realizar as atividades. As ações tiveram continuidade graças ao trabalho de um grupo de rondonistas que tinham o desejo e o interesse em manter o projeto em funcionamento, criando então a Associação Nacional dos Rondonistas.

A marca registrada Projeto Rondon® foi cedida em 2002 pela Associação Nacional dos Rondonistas ao Ministério da Defesa, pelo período de 10 anos, cabendo a este, organizar campanhas nas regiões mais recônditas do país.

No mesmo ano, são criadas as Associações Estaduais, que tem como missão, mobilizar a juventude universitária, em estreita articulação com as Instituições de Ensino Superior, os três níveis de governo e a sociedade civil, para despertar consciência crítica a respeito das realidades nacionais.

Posteriormente, a Associação Nacional dos Rondonistas, passa a ser denominada Instituto Projeto Rondon, classificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

http://projetorondonms.com/