XXVI Encontro Nacional dos Rondonistas

No sábado dia 04 de Junho de 2016, ocorreu no Campus II da UPIS, o XXVI Encontro Nacional dos Rondonistas. No Encontro, os representantes apresentaram relatos sobre ações desenvolvidas em suas áreas de atuação.

Minas Gerais apresentou o projeto que está sendo desenvolvido em parceria com o DNIT na BR 381 em favor das famílias que vivem às margens da rodovia.

O projeto oferece a estas pessoas a oportunidade de serem transferidas para áreas urbanizadas mediante indenização para a aquisição de moradias em áreas urbanizadas, evitando que os mesmos retornem à BR.

Para mais informações sobre o projeto acesse: conciliabr381.com.br/

Pernambuco apresentou um projeto que visa a sustentabilidade. É um Projeto voltado à Educação, onde o foco está não apenas nos estudantes Universitários, mas em todos os estudantes, desde a infância. Deste modo, em uma média de 15 anos será possível mudar a mentalidade das pessoas sobre o meio ambiente.

O Projeto consiste em desenvolver uma gincana que ocorrerá durante todo o ano no município de Camutanga PE, onde serão desenvolvidas diversas atividades voltadas ao desenvolvimento sustentável, como Realizar Seminários e Palestras envolvendo a comunidade e lideranças municipais, abordando temas como: Desequilíbrio Ecológico, Arborização, Sementes e Viveiros, Recomposição de Matas Ciliares, Fauna e Flora, Recursos Hídricos, Agrotóxicos, Parques Florestais, Coleta Seletiva X, Reciclagem do Lixo, Ciclo das Águas, Unidades de Conservação

Formar Brigadas Ecológicas, envolvendo todas as entidades educacionais (interessadas), compostas por alunos das escolas públicas e privadas do município;
Envolver os professores municipais na coordenação das Brigadas Ecológicas;
Implantar viveiros na zona rural e na sede dos municípios;
Arborizar ruas, avenidas e praças;
Implantar bosques nas margens das rodovias municipais;
Mobilizar professores, técnicos e alunos das universidades públicas e privadas para participar desta ação;

Promover atividades esportivas, recreativas e culturais que envolvam a comunidade como agente ativo deste projeto.

Cada tarefa bem desenvolvida será pontuada. Ao final do ano os vencedores ganharão um prêmio referente ao tema.

A representante do Estado de Mato Grosso do Sul apresentou as ações que realizou em diversos municípios, e reiterou a importância do Projeto para as comunidades carentes. Ela enfatiza em sua fala, que o Projeto Rondon transforma vidas, não apenas das pessoas, das comunidades, mas também a dos acadêmicos que participam das ações. Tudo é um grande aprendizado. É por isso que não cansamos de dizer: “Uma vez Rondonista, sempre Rondonista”.

O presidente do Instituto Projeto Rondon Nacional, Ruy Montenegro, apresentou o Projeto “Educação para a Vida”, que será desenvolvido por meio de uma parceria entre o Instituto Projeto Rondon, o Rotary Internacional, UPIS – Faculdades Integradas e o Instituto Rumo.

O projeto “Educação para a Vida”, consiste em educar crianças desde o primeiro ano de escolaridade, até o último ano do Ensino Médio, em várias áreas importantes para o desenvolvimento, tais como Educação Financeira, Música, Artes, Esportes, Educação Ambiental, Educação para o Trânsito e Mobilidade, Educação para saúde, dentre outros, e como consequência, o desenvolvimento de comunidades inteiras. Ele engloba pontos como Educação Cidadã; Educação Ambiental; planejamento e bom uso dos Recursos Hídricos através da criação de Pomar e hortas permanentes; Educação para o Trânsito e Mobilidade; Educação para saúde bucal, higiene e nutrição; Educação Musical e Artística; Educação Financeira; Educação Esportiva; Criação de Bibliotecas e salas de leitura; Desenvolvimento de habilidades, criatividade e empreendedorismo nas comunidades.